Quem comanda nossas decisões?

 

De onde vêm os vieses que condicionam nossa visão distorcida da realidade? Por que temos reações que, aparentemente, não controlamos? Como e o que fazer para mudar comportamentos indesejados?
A resposta a todas essas questões está em nosso cérebro. Compreender seus dois grandes mecanismos de funcionamento é a chave para termos uma vida mais consciente e produtiva.
Grande parte de nosso cérebro, por ser muito antiga, continua agindo, ainda hoje, como há milhões de anos. Nosso comportamento, portanto, tem um poderoso componente automático, que atua independentemente de nossa vontade consciente, e um frágil componente racional, que age segundo nossa escolha.
Muitos pesquisadores resumem o funcionamento do cérebro em dois grandes modos de ação: o sistema automático e o sistema analítico:

- O sistema automático ou involuntário: é o exercido pelas partes mais antigas, grandes e volumosas do cérebro, ou seja, o tronco encefálico, o sistema límbico e uma parte do córtex. Ele comanda nosso funcionamento inconsciente, e estima-se que seja o responsável por 95% de nossas ações. Portanto exerce uma influência muito maior do que imaginamos em nossa vida.

- O sistema analítico ou voluntário: é o exercido pelo nosso córtex pré-frontal, e é responsável pela tomada de decisões racionais. Estima-se que tenhamos consciência de apenas 5% de nossas funções cognitivas, ou seja, poucas de nossas ações são efetivamente tomadas de maneira lógica e racional.

[Do livro "Seja a Pessoa Certa no Lugar Certo" de Eduardo Ferraz]

E termos essa percepção é interessante para que possamos nos conhecer melhor e podermos melhorar as nossas atitudes para alcançarmos os nossos objetivos.

Hoje em dia quando estamos dirigindo nosso veículo no trânsito e vamos entrar à esquerda em 500m, por exemplo, não nos preocupamos que teremos que pisar de leve no freio, diminuir a marcha, sinalizar que entraremos à esquerda. Isso já é feito de maneira automática. De tanto repetimos esse procedimento ele já passa a fazer parte de nosso sistema automático. Da mesma forma uma série de comportamentos que temos está em nosso sistema automático e alguns deles não nos ajudam a sermos pessoas melhores.
Por outro lado, o nosso sistema analítico que é responsável por nossa tomada de decisões racionais corresponde a apenas 5% de nosso cérebro.

Portanto, compreender as forças inconscientes que nos dominam é um primeiro passo para tomar decisões mais acertadas. O autoconhecimento nos ajuda a sermos mais assertivos no que precisamos trabalhar para alcançarmos a mudança e uma vida mais feliz e plena..

 

 

Alex Pereira
Coach Life & Executive
Analista Comportamental DISC
Analista de Sistemas
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
www.teci9.com.br

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar